Páginas

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

A Origem do BATOM!!!

A origem do Batom!
Venho trazer a historia desse cosmético essencial em qualquer make !!!
O batom (do nome francês bâton) é um cosmético usado para dar cor aos lábios. Com ou sem brilho, realça a boca e é disponível em várias cores e marcas, adequando-se a diversos gostos.
História:
O costume de colorir os lábios tem raízes no Egito.
Cleópatra utilizava besouros de carmim esmagados para maquilar os seus lábios com um tom vermelho vibrante.
As Esposas dos Faraós adornavam-se com um intuito de ficarem mais belas, recorrendo sempre ao tom vermelho, sexualmente apelativo, pois os lábios femininos tornam-se mais vermelhos depois de as mulheres serem excitadas.
Agora, pensar em maquiagem, é pensar em batons. Durante toda a historia da humanidade, o batom foi considerado apenas como um instrumento de poder, e manipulação fazendo com que as mulheres ficassem com cara de reprovação.
Na Grécia, no século II, havia lei impedia que as mulheres usassem batom antes do casamento.
Na Espanha do século VI, só usavam batom mulheres das classes mais nobres
O Batom ganhou popularidade no Século XVI, graças à Rainha Elizabete I e às senhoras da sua corte, que maquilavam os seus lábios com cera de abelha e mercúrio vermelho.
O primeiro batom chegou ao mercado em 1915.
Em 1921, o batom ganhou o formato atual de estojo, e começou a ser comercializado em Paris.
Miss Pearl Pugsley, nos Estados Unidos, aos dezessete anos, foi notícia ao ter que retornar para casa, vinda do colégio, por utilizar batom.
O batom se tornou objeto do desejo e sucesso foi tamanho que em 1930 os batons dominaram o mercado americano e daí espalhou-se pelo mundo afora.
Há quem diga que o seu formato em bastão foi baseado na sexualidade feminina, nos mundos modernos foi baseado em forma do membro masculino para aumentar a sexualidade feminina e estimular as vendas com o formato inovador dando mais prazer em fazer uso do mesmo toda vez que pressiona o bastão para fora o tocando em seus lábios.
Um estudo diz que em média a mulher come cerca de 4 a 6 quilos de Batom durante uma vida ao lamber os seus lábios. Agora é mais fácil perceber porque é que o batom desaparece quando acabamos de almoçar ou jantar!
Durante a Idade de Ouro islâmica, o médico árabe-andaluz e químico Abu al-Qasim al-Zahrawi (Abulcasis) inventou batons sólidos, que consista em perfume e outros ingredientes pressionados em moldes. Ele descreveu o processo no seu texto, na sua enciclopédia de medicina e cirurgia, o Al-Tasrif.
Em 1770, o Parlamento Britânico aprovou uma lei que afirmava que uma mulher que usasse batom vermelho poderia ser acusada de bruxaria!
Max Factor, make-up artist de celebridades, inventou o brilho de lábios em 1930.
A popularidade do Batom cresceu durante a Segunda Guerra Mundial graças à industria do cinema, em que a maquilagem passou a ser uma rotina comum da mulher.  
Em 1950, o cientista Americano Hazel Bishop desenvolveu o primeiro Batom de longa duração (e sem manchar) do mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar, logo responderei seu comentário aqui mesmo.